Teófilo Otoni decreta situação de emergência devido a febre amarela

Teófilo Otoni decreta situação de emergência devido a febre amarela

O município de Teófilo Otoni decretou situação de emergência nesta quarta-feira (11) em função da epidemia de febre amarela silvestre na região. Segundo a Prefeitura, foram registrados setes casos no município, com quatro mortes confirmadas. O documento também registra outras 48 notificações de casos suspeitos na região. Com o decreto o município fica autorizado a desenvolver ações urgentes para medidas de prevenção.
Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, serão criados novos postos de vacinação em praças, bancos, escolas e igrejas. Também serão contratados novos agentes de saúde e o município pretende alugar carros para o transporte da vacina. Ainda de acordo com o órgão, a Polícia Militar já ofereceu parte da frota dela para auxiliar no transporte das doses.
Devido à grande demanda da população, faltou estoque de vacina em diversos postos de saúde da cidade na tarde desta quarta-feira. O município realizou pedido à Secretaria de Estado de Saúde para que novas remessas cheguem com urgência.
Na tarde da última terça-feira (10), a Superintendência Regional de Saúde informou 38 notificações da região, sendo 17 mortes suspeitas e apenas quatro confirmadas para febre amarela silvestre. Nesta quarta-feira, o órgão não divulgou se o número permaneceria o mesmo ou se teria sofrido alterações.
Caratinga
Já na microrregião de Caratinga, os números cresceram. Segundo a Prefeitura, já são 79 notificações, contra o índice de 63 registrados no dia anterior. Dentre os casos foram registradas oito mortes, das quais quatro já foram confirmadas como tendo sido causadas por febre amarela.




Veja mais sobre isso